Defesa da saúde dos bancários e alerta para recorde de ataques a bancos do SindBancários repercutem na imprensa

O SindBancários mantém dados atualizados sobre a violência bancária no Rio Grande do Sul. E esses dados de levantamento realizado a partir do acompanhamento dos ataques a bancos publicados na imprensa e a partir de informações dos bancários. Pois estes dados subsidiam a defesa da categoria contra a violência e a repercussão que essas ações tem na saúde dos trabalhadores.

Esses dados são considerados precisos e são utilizados para subsidiar até mesmo reportagens em jornais de grande circulação. Na edição do domingo, do jornal Correio do Povo, a página 13 repercute o grande volume de ataques a bancos nos dois primeiros meses deste ano. Foram 47 nos primeiros 60 dias, até o fechamento dos dados. O presidente do SindBancários, Everton Gimenis é fonte desta reportagem.

Na segunda-feira, às 8h, o presidente do SindBancários voltou a falar aos bancários por meio da TV Rec ord. Em uma entrevista ao vivo, da Praça da Alfândega, ele voltou a falar do grande volume de ataques a bancos nos dois primeiros meses do ano. Foram 51 até a segunda-feira, recorde dos últimos 10 anos para os dois primeiros meses do ano.

Confira abaixo reportagem do Correio do Povo.

correio_06032016_web_violencia

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER

Luciano Fetzner Barcellos
(Banrisul)
PRESIDENTE

Tags

Filiado à Fetrafi/RS, Contraf/CUT e CUT
Rua General Câmara, 424-Centro / CEP:90010-230 /
Fone: 51-34331200

Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil

Categorias

Categorias

Categorias