Correspondente & Bancário no Festival de Cinema de Gramado III

O filme colombiano “Ella” é um drama sobre o viúvo que luta para enterrar sua mulher apesar das dificuldades impostas pela pobreza e condição social. Ele quer um enterro digno, só isso. E aí seguem-se peripécias até o final emotivo. É claro que não gostei do filme, populista ao extremo, com roteiro deficiente onde várias situações difíceis são impostas pelos próprios personagens sem que a história deixe este fato fundamental clarificado. é puro populismo misturado com vitimização dos pobres.

Já “O Último Cine Drive-In” transborda de qualidades, a começar pelo carisma de Othon Bastos. Mas a arte do filme transpira cinefilia, com referências a títulos tão díspares como “Targets”, de Peter Bogdanovich a “Central do Brasil”, de Walter Salles até “O Poderoso Chefão”, de Francis Ford Coppola e “Cinema Paradiso”, de Giuseppe Tornatore. Há também uma senhora que encontra a morte, mas o tratamento desta situação é mais leve, inteligente, correto e simples. Todo o mal na história: a doença da personagem da mãe, a difícil relação do filho com o pai, a liquidação do cinema drive-in como negócio – é redimido pela magia real, nada piegas do Cinema.

Paulo Casa Nova
Crítico de Cinema
Empregado da Caixa Econômica Federal

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER