Copa SindBancários de Futsal 2023: Bradesco Gravataí e Caixa-Apcef vão duelar pelo título

No próximo sábado (9), as portas do ginásio do Sindimetal, em Canoas, vão se abrir para os duelos finais da competição

Os times Bradesco Gravataí e Caixa-Apcef decidem o título da Copa SindBancários de Futsal 2023, no próximo sábado (9), no ginásio do Sindimetal, em Canoas. Santander e União FC disputam o terceiro e quarto lugares. No feminino, as Bancárias Boleiras e a equipe da Caixa-Apcef realizam uma partida amistosa.

Vitória nas penalidades

Os boleiros do Santander e do Bradesco Gravataí pisaram no parquet Jatobá em silêncio respeitoso, olhos atentos varrendo a cena, cochichando aqui e do outro lado da linha branca numa atmosfera musical: “gente é pra brilhar não pra viver sem conquistas”.

Apita o árbitro. Começa o confronto. Logo se notou a rivalidade. A pequena esfera disputada palmo a palmo. A galera gosta e se agita. A pelota rola e as táticas secreta se revelam. Os comentaristas analisaram as táticas das equipes.

“Os jogadores do Bradesco se movimentam e não deixam a defesa aberta. Tocam e trocam de posições. Os atacantes flutuam, recebem a bola, driblam ou bate de primeira. Não vejo favorito. Os times jogam muita bola. Um detalhe pode decidir o vencedor. Uma bela partida se desenha”, projetou o comentarista Everton Gimenis, ex-presidente do Sindicato e vice-presidente da CUT-RS.

“A tática dos experientes boleiros do Santander me parece agressiva, mas cuidadosa. O time conta com um banco de nível. Plantaram a defesa. Passes de média e longa distância. Arrematam pelas laterais e pelo miolo da defesa adversária. Teremos um jogo muito disputado”, registrou Gilnei Nunes, comentarista e diretor de Comunicação do Sindicato.

Santander vence o primeiro tempo

De fato, a bola rolou de acordo com estas leituras. Na pegada em busca pela vitória, o Santander saiu na frente ao vencer o primeiro tempo por 2 a 1. Lucas Turatti e Felipe Lima fizeram os gols da vitória parcial. Rafael Eltz descontou ao marcar o tento do Bradesco. No segundo período, a partida ferveu a chapa. Faíscas nas divididas e muito trabalho aos goleiros. Pelo BG, nove defesas. Santander, oito defesas. A maioria, cenas de cinemas. E assim, o apito final do jogo. Empate em 3 a 3. Lucas anotou mais um pro Santander. Rafael e Vinícius Pereira marcaram e deram os números finais do jogo. A decisão foi para os pênaltis. O Santander bateu dez e marcou 8. O Bradesco chutou dez, anotou nove e sentenciou a vitória.

Camiseta pesada

Falando à imprensa do Sindicato, o craque do jogo e liderança do BG dentro quadra, Rafael Eltz, ressaltou que os jogadores estão juntos há mais de dez anos. “Somos companheiros e formamos uma família. Vencemos um time forte, bem preparado e merece respeito”, frisou. Para ele a experiência, garra e a união são decisivas nas conquistas. Esticando a camisa suada, Rafael se emociona. “Não é mole não. Esta camiseta é pesada. As amarelinhas estão lutando pelo título mais uma vez”, reforçou o goleador.

Jogadores do Santander: Paulo Renato, Alexandre Barcellos, Robson Cabral, Ivan Junior, Maycon Fontoura, Luis Fernando Amaro, Gilson Gregory, Lucas Turatti, André Monteiro, Felipe Lima, Diego Ramos, Gabriel Filiplaki, Marcelo, Maycon, Paulo Renato, Robson Pereira, Rodrigo Silva. Técnico: Pedro Garcia Pinto

Goleadores: Felipe, Lucas Turatti (2)

Jogadores do BG: Alexandre Lesnik do Canto, Diogo Greiner, Elias Jardim Soares, Gabriel Tibursky, Guilherme Aguiar, Rafael Eltz da Silva, Ricardo Cândido Dias, Vinícius Pokorski e Vinícius Bender. Treinador: Alan Ramos

Goleadores: Rafael Eltz (2) e Vinícius Bender (Pantufa)

Vivendo e aprendendo a ganhar

Os resultados dos jogos da fase classificatória da Copa SindBancários mostram irregularidades no time da Caixa-Apcef. Muitos diziam que o time foi pra semifinal desmotivada e com poucas de chegar na final. Desnecessário dizer que o engano foi redondo e maior do que uma bola de basquete. O time jogou com agressividade, sempre rondando a área do adversário, unido, mordido e focado na vitória. Assim jogaram e assim aprenderam conquistar. A atuação do goleiro do União dá um book. Foram, pelo menos, sete defesas merecedoras de aplausos e espaços na galeria dos campeões. O time brigou muito no primeiro tempo. Não tinha bola perdida. Não faltou disposição. Os números ilustram o que foi a partida.

No segundo tempo ficou a impressão que o cansaço vergou uma possível reação. No início da competição, o União dava pinta de chegar na final. Não foi o que se deu. Nem sempre se perde. Nem sempre se ganha. No primeiro tempo, a Caixa-Apcef venceu em 2 a 0. No segundo, o União anotou três gols. A Caixa marcou mais três e deu números finais ao confronto, 5 a 3. Com a vitória, Caixa-Apcef vai disputar o título com a equipe do BG. Já o União enfrenta o Santander em busca do terceiro lugar da Copa SindBancários de FutSal 2023, uma homenagem aos 90 nos de existência do sindicato.

Uma enchente no meio do caminho

O jogador Mateus Hermes da Caixa-Apcef, trabalha numa unidade da CEF de Eldorado do Sul, da base do Sindicato. “Rapaz, passamos a semana deslocando e empilhando móveis. Tudo alagado, a cidade alagada. População sofrendo com as perdas. Pessoas perdidas. Muita tristeza. Nos transferiram pra Guaíba”, relatou o sensível craque do jogo. “A que se deve a recuperação do time, que não começou bem na Copa?”, pergunta a reportagem. “Conversamos muito antes do jogo. Crescemos no segundo tempo diante de um adversário forte. Não será diferente na final. A briga será com um grande time. Mais uma pedreira no meio do caminho. Estamos preparados. Vamos lutar, vamos em busca do caneco”, tabelou Mateus.

Jogadores do União: André Rocha Rodrigues, Carlos Ricardo Ribeiro Silva, Clóvis Rogério Bertaco Jr, Gerson Dias Júnior, Leonardo Krug, Pedro Henrique Diaz, Roger Tolfo Veber, João Gabriel, Thiago Cidade e Fábio Campos Garcia. Treinador: Gustavo Nunes

Goleadores: André (2) e Bertaco (1)

Jogadores Caixa-Apcef: Everson Jesus Barbosa, Jefferson Katsumi Abe, João Egídio da Rocha, Josué Rodrigues, Lauro Teixeira Brandão, Marcelo de Oliveira, Michel Carvalho, Renan Valdemar Machado, William Giaparelli e Guilherme Hernandez.

Goleadores: Elias, Everson, Mateus, Michel, Paulo Leanderson

Arbitragem: Alci Machado e Claudio Fontoura.

Mesa: Matheus Ubatuba

Serviço da final

9h30: Santander X União FC

10h30: Feminino: Bancárias Boleiras X Caixa-Apcef

11h30: Bradesco Gravatai X Caixa-Apcef

12h30: Entrega dos troféus e homenagens

12h40: Confraternização

Local: Quadra do Sindimetal (Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita), rua Caramuru, 330, Centro, Canoas

Realização

SindBancários Porto Alegre e Região

Diretoria de Esportes

Apoio

Secretaria Geral

Diretoria de Comunicação

Diretoria de Administração

Texto: Moah Sousa / Assessoria SindBancários

Fotos: Brayan Martins

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER

Luciano Fetzner Barcellos
(Banrisul)
PRESIDENTE

Tags

Filiado à Fetrafi/RS, Contraf/CUT e CUT
Rua General Câmara, 424-Centro / CEP:90010-230 /
Fone: 51-34331200

Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil

Categorias

Categorias

Categorias