Comitê da ONU promove passeio ciclístico pela vida das mulheres em Porto Alegre

Evento na Orla do Guaíba, neste sábado (26), cobra mais políticas públicas de combate à violência contra as mulheres

Na semana de comemoração aos 250 anos de Porto Alegre, o Comitê Gaúcho Eles Por Elas, da ONU Mulheres, realiza o “Pedal POA – sem violência contra as mulheres”. O evento ocorre neste sábado (26), a partir das 16h30, na Orla do Guaíba, em Porto Alegre. O objetivo do passeio ciclístico é chamar a atenção para a necessidade da retomada de políticas públicas para as mulheres.

A concentração será no Anfiteatro Pôr do Sol. De lá, os ciclistas irão até a Usina do Gasômetro, onde ocorrerá um ato de conscientização e apresentação musical do Grupo Samba de Rolê (em frente ao Sheik Burger).

Entre os participantes confirmados está a ex-presidenta Dilma Rousseff, que tem um legado de trabalho em defesa das mulheres. À época do seu governo, foram criadas a Lei do Feminicídio e a Casa da Mulher Brasileira, entre outras iniciativas para a autonomia das mulheres e enfrentamento da violência e desigualdades econômicas e sociais.

O deputado Edegar Pretto (PT), coordenador do Comitê Gaúcho da ONU Mulheres, ressalta que o aniversário de Porto Alegre é uma boa ocasião para dar visibilidade à pauta, promovendo o debate por uma sociedade com mais respeito, igualdade e oportunidades para as mulheres. Segundo ele, que também coordena na Assembleia Legislativa a Força-tarefa de Combate aos Feminicídios no Rio Grande do Sul, é urgente retomar os investimentos em políticas públicas para ampla proteção das mulheres.

Conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP/RS), Porto Alegre registrou, no ano passado, nove feminicídios, 274 estupros e 2.446 casos de agressões com lesão corporal. Somente em janeiro e fevereiro deste ano, foram 40 estupros, um feminicídio e 424 casos de lesão corporal.

Eles Por Elas

O movimento Eles por Elas é um esforço global criado em 2014 pela ONU Mulheres para difundir a conscientização pelo fim de todas as formas de discriminação e violência contra mulheres e meninas. O RS foi o primeiro estado do país a aderir ao Eles Por Elas.

O Comitê Gaúcho é composto por empresas, universidades, instituições públicas, de segurança e judiciário, artistas e clubes de futebol da dupla Grenal. É o único autorizado pela ONU no Brasil. Uma de suas principais campanhas é a Máscara Roxa, lançada em 2020 durante a pandemia para ajudar mulheres vítimas de violência doméstica em todo o estado.

Foto: Maria Emilia Portela/ PMPA

Fonte: Brasil de Fato RS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER