Comissão paritária do PCS da Caixa debate promoção por mérito nesta terça, 17/03

A comissão paritária do PCS da Caixa Econômica Federal se reúne nesta terça-feira (17), às 16h, em Brasília, para dar continuidade ao debate sobre os critérios da promoção por mérito de 2015.

Na reunião anterior, ocorrida em 24 de fevereiro, os empregados da Caixa obtiveram um importante avanço. É que a empresa, após pressão das entidades representativas, concordou em retirar o AV Caixa da proposta de sistemática para o ano-base de 2015. A inclusão da medida, como queria a Caixa, era uma forma de atrelar a promoção por mérito ao cumprimento de metas.

Desde o primeiro encontro neste ano, ocorrido em 28 de janeiro, que o banco defendia a mudança na metodologia da promoção por merecimento com o objetivo de vincular a avaliação dos empregados ao cumprimento de metas. A Caixa propôs a substituição do critério Avaliação de Múltiplas Fontes pelo AV Caixa.

A postura do banco foi contestada pelos dirigentes sindicais, que deixaram claro não abrir mão da manutenção da Avaliação por Múltiplas Fontes. A suspeita é de que o AV Caixa visa, sobretudo, reduzir o número de empregados aptos a receber a promoção por merecimento.

Diferentemente disso, porém, a avaliação por múltiplas fontes, defendida pelos empregados, faz o trabalhador participar ativamente. Esse mecanismo é mais democrático, porque todas as análises possuem o mesmo peso, levando a que os empregados avaliem a si próprios, aos colegas e aos gestores, ao mesmo tempo que são avaliados por eles.

Representantes dos trabalhadores

A bancada dos trabalhadores na comissão paritária é representada por Genésio Cardoso (Fetec/PR), Leonardo dos Santos Quadros (Fetec/SP), Marcelo Lopes de Lima (Feeb/SP-MS), Vanessa Sobreira Pereira (Sindicato de Brasília), Wandeir Souza Severo (Fetec/Centro-Norte) e Jefferson Tramontini (Sindicato do Ceará).

Fonte: Contraf-CUT com Fenae

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER