Coletivo Nacional de Comunicação avalia Campanha Nacional

Profissionais e secretários de imprensa de sindicatos participaram de debate sobre erros e acertos de comunicação no período de negociação.

Vitoriosa. Foi assim que o Coletivo Nacional de Comunicação avaliou a Campanha 2020, durante reunião na quinta-feira, 17, por vídeoconferência. Profissionais de Comunicação e secretários de Imprensa de sindicatos participaram do encontro para debater as ações de comunicação realizadas durante o período de negociação.”Foi uma campanha histórica. Saímos do que estávanmos acostumados a fazer para criar uma estratégia nova, em função da pandemia. Erramos algumas vezes, mas consertamos e aprendemos com cada um deles. “Nossa certeza é a de que esses aprendizados ficarão como legados para a nossa categoria, que irá continuar a evoluir nos vários formatos de mobilização”, afirmou Gerson Carlos Pereira, secretário de Comunicação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Redes sociais

A Contraf-CUT apresentou dados que mostram a grande participação da categoria na Campanha Nacional por meio das redes sociais, assim como o crescimento de suas redes.

“É importante mantermos nossa mobilização nas redes sociais para sermos cada vez mais fortes. Os dirigentes sindicais precisam aprimorar seus conhecimentos e as formas de utilizar esse meio de comunicação que é muito importante para ampliar nosso diálogo com a categoria. Os sindicatos, todos devem estar atentos a essa forma de comunicação e, aqueles que ainda não têm perfis em todas as redes, precisa criar e utilizá-los”, completou.

Fonte: Contraf-CU, com Edição de Imprensa SindBancários.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER