A Cidade Onde Envelheço abre a Sessão Vitrine Petrobras no CineBancários

Grande ganhador do Festival de Brasília de 2016, com quatro prêmios, o longa-metragem A Cidade Onde Envelheço entra em cartaz no CinBancários no dia 9 de fevereiro. Dirigido por Marília Rocha, o filme traz como mote a relação de duas amigas portuguesas, que migram para o Brasil em momentos diferentes, a intimidade entre elas e suas visões sobre as peculiaridades do país. O longa faz parte do projeto Sessão Vitrine Petrobras e será exibido na sessão das 17h.

Os ingressos podem ser adquiridos no local a R$10,00. Estudantes, idosos, pessoas com deficiência, bancários sindicalizados e jornalistas sindicalizados pagam R$5,00. Aceitamos os cartões Vale Cultura do Banrisul, Banricompras, Visa e Mastercard.

*Nossa sala agora é parceira da Sessão Vitrine Petrobras em Porto Alegre, destinando permanentemente sua sessão diária das 17h a um lançamento nacional que ficará em cartaz por duas semanas. A Sessão Vitrine Petrobras é um projeto de distribuição coletiva da Vitrine Filmes, que tem como objetivo levar ao público um cinema de qualidade, original, que retrata a cultura do país e que se destaca nos principais festivais brasileiros e internacionais. Mais de vinte cidades brasileiras fazem parte do projeto, fortalecendo assim o circuito alternativo nacional, ao mesmo tempo em que investe na formação de novas plateias.

SINOPSE A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

Francisca, uma jovem emigrante portuguesa morando no Brasil, recebe em sua casa Teresa,
uma antiga conhecida com quem já havia perdido contato. Teresa acaba de chegar e vive
momentos de descoberta e encantamento com o novo país, enquanto Francisca anseia por
Lisboa. O filme acompanha as aventuras de cada uma pela cidade e a profunda ligação que
nasce entre elas, obrigando-as a lidar com desejos simultâneos e opostos: a vontade de partir
para um país desconhecido e a saudade irremediável de casa.

SOBRE A DIRETORA

Marília Rocha dirigiu os filmes Aboio (2005), melhor filme no festival É Tudo Verdade; Acácio (2008); e A falta que me faz (2009), melhor filme Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo. O festival Dockanema, em Moçambique, apresentou umaretrospectiva de sua obra em 2011 e, no mesmo ano, ela foi homenageada com uma mostraespecial no festival Visions du Réel, na Suíça. É parceira de Clarissa Campolina e Luana Melgaço na produtora Anavilhana.

FICHA TÉCNICA

2016 / Brasil – Portugal/ Ficção / 99 minutos
Direção: Marília Rocha
Elenco: Elizabete Francisca Santos, Francisca Manuel, Paulo Nazareth
Distribuidora: Vitrine Filmes

GRADE DE HORÁRIOS

23 de fevereiro (quinta-feira)
15h – Redemoinho, de José Luiz Villamarim
17h – A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha
19h – Redemoinho, de José Luiz Villamarim

24 de fevereiro (sexta-feira)
15h – Redemoinho, de José Luiz Villamarim
17h – A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha
19h – Redemoinho, de José Luiz Villamarim

25 de fevereiro (sábado)
Recesso de Carnaval

26 de fevereiro (domingo)
Recesso de Carnaval

28 de fevereiro (terça-feira)
Recesso de Carnaval

01 de março (quarta-feira)
15h – Redemoinho, de José Luiz Villamarim
17h – A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha
19h – Redemoinho, de José Luiz Villamarim

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER