Chuva de gols inunda rodada do Fut7

Estreia da categoria Master teve encontro de bancários com muita história de luta e vantagem para campeão dos campeões na categoria Livre

Ao golear o Itaú 2.0 por 9 a 0, o coirmão Itaú SA se projetou como forte candidato pela conquista da Taça SindBancários de Futebol Sete 2019. Vale lembrar que o Itaú SA entrou para a galeria dos campeões dos campeões ao levar a taça do Campeonato SindBancários de Futsal 2019.

Clique na linha para ver as imagens da rodada.

Já o União FC, em jogo de muita disputa pela bola, superou o Santander pelo placar de 3 a 1. Fechando a quarta rodada, o Metropol venceu o duelo com o Bradesco FC por 1 a 0.

Na estreia da categoria Master, o Bradesco assinalou 6 a 4 contra o Itaú. Por fim, o Santander anotou 5 gols e passou pelo Banrisul que marcou apenas 1.

A rodada mostrou que a chapa esquentou na luta pelo caneco na categoria livre. No master, a rivalidade histórica ganhou a cena”, analisou Gerson Reis, diretor do Departamento de Esporte, Cultura e Lazer do Sindicato, e organizador dos torneios.

Na foto acima, Maikon Souza Oliveira, um dos goleadores do Itaú SA, que anotou o gol mais bonito da rodada ao desferir um canhotaço do meio da quadra, no ângulo e sem defesa para o goleiro do Itaú 2.0, que nem viu a cor da bola. Confira, abaixo, os próximos jogos.

Categoria Livre

5ª rodada, Sábado, 26/10

11h30: Itaú ZN x União FC

12h30: Santander x Bradesco FC

13h30: 5º lugar da Chave A x Itaú 2.0

Folga: Metropol

Chave B já decidida para a segunda fase com o Itaú SA na liderança da competição.

Categoria Master

2ª rodada, Sábado, 26/10

9h30: Bradesco Master x CEF

10h30: Itaú x Santander

Folga: Banrisul

Classificação categoria livre

Destaque da rodada

O trio do apito que comandou as partidas com esmero técnico, domínio das regras do jogo e absoluta disciplina dentro das quatro linhas: Emerson Pereira, Rafael Teixeira e Fábio Nunes promoveram um show de arbitragem.

Diretores boleiros

Não é só da política de classe que vive um sindicalista de luta. Muitas vezes, no “descanso” das mobilizações em defesa dos direitos da categoria, o fim de semana dos companheiros é dedicado ao lazer, família e, claro, no jogo de bola.

É o caso, por exemplo, do presidente do SindBancários, Everton Gimenis, e dos diretores Daniel Mendes e Edson Rocha, atletas do Bradesco Master; Luiz Carlos Casemiro, do Santader Master e Antônio Augusto Borges de Borges, o técnico do Itaú Master, ambos da diretoria do Sindicato. Na foto, o presidente no ataque.

Clássico histórico

O confronto da categoria Master entre o Banrisul e o Santander refrescou a memória histórica dos esportistas bancários. Nos anos 1980, o então Sul-Brasileiro, com seu time de futebol de campo era páreo duro para qualquer equipe. Quando enfrentava o Banrisul, a rivalidade se aflorava em nível de Gre-Nal.

Já nos 1990, o privatizado Sul-Brasileiro virou Meridional e, na disputa dos campeonatos, a chapa seguia fervendo. Para se ter uma ideia, os duelos finais eram transmitidos por uma emissora de rádio de grande audiência. Na arquibancada, batucada, apupos, rojões e cornetas animavam a festa.

Naqueles tempos, nas mobilizações e nas greves dos bancários a unidade sempre foi total e solidária entre os boleiros dos dois bancos. Hoje, o Sul-Brasileiro e o Meridional viraram Santander, que bateu o Banrisul por 5 a 1 na estreia do Master.

O torcedor que não se engane, os Banrisulenses saíram mordidos com o resultado, fizeram reunião, reconheceram a derrota e abraçaram os colegas adversários. Ficou claro, contudo, a exemplo do passado, a unidade na luta e a camaradagem continuam e rivalidade futebolística também, como mostra o sincronizado registro do Zanini.

Personagem da rodada

Um dos charmes das competições esportivas dos bancários é a participação dos familiares dos boleiros, com destaque pra criançada que sempre encanta o cenário do mundo da bola. É o que mostra a foto da Amanda Stekel Gimenis, de três aninhos, com a mãe Cristiane Stekel. A expressão de pimentinha da miúda talvez seja pelo fato de não ter visto o pai, Everton Gimenis, o número 13 do Bradesco Master, balançar as redes e correr pro abraço da galera.

Local das partidas

Os jogos da Taça SindBancários acontecem sempre a partir das 9h, no Centro Esportivo Rodrigo Mendes, Rua Ary Tarragô, 2510, Alto Petrópolis, Zona Norte de Porto Alegre.

Cobertura: Moah Sousa

Fotos: Jackson Zanini

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER