Caixa: Fenae e Contraf querem negociação sobre nova reestruturação na Vired

Novo processo compromete a qualidade de vida dos empregados e seu desempenho

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou oficio à direção da Caixa para solicitar o agendamento de reunião sobre as denúncias recebidas pelas entidades filiadas, sindicatos e federações. Elas dão conta de novo processo de reestruturação nas unidades subordinadas à vice-presidência rede de varejo (Vired).

Desconforto e incerteza

“Os relatos, que chegam de todas as regiões do país, têm gerado desconforto. A expectativa de reestruturações compromete a qualidade de vida dos empregados e seu desempenho, haja vista a incerteza sobre as eventuais decisões da direção da Caixa”, explicou Fabiana Uehara Proscholdt, coordenadora da CEE/Caixa e secretária da Cultura da Contraf-CUT.

Processo negocial

Fabiana lembra ainda que o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) da Caixa 2020/2021 prevê o estabelecimento de processo negocial em caso de adoção de medidas que impactem diretamente os empregados. “Faz menos de um ano que esta mesma vice-presidência sofreu uma reestruturação. Porque outra agora?”, questionou.

 

Fonte: Fenae, com informações da Contraf-CUT e Edição de Imprensa SindBancários. Foto: Fenae.

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER