Caixa: aplicativo “Caixa Tem” vai para Bolsa de Valores e amplia privatização do banco

Abertura de capital do IPO ameaça caráter 100% público da Caixa

Até o “Caixa Tem”, o instrumento digital criado especialmente para distribuir o Auxílio Emergencial pela CEF, deverá ir para o mercado de capitais, com uma oferta inicial de ações (IPO) na Bolsa de Valores. A informação foi do próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, e autoridades do governo já estão tratando do assunto com o Banco Central. A ideia é ambiciosa: de que o “Caixa Tem” se torne uma subsidiária independente, com oferta de mais “produtos”.

No mês passado, a Caixa já havia divulgado que pretendia expandir as operações do Caixa Tem para incluir serviços como a oferta de microcrédito, seguros e cartões.

O Auxílio Emergencial, principal investida do governo para enfrentar a pandemia da Covid-19, tem sido pago exclusivamente pela Caixa desde abril. Com duração até dezembro, ele implicará um gasto total para a União de R$ 321,8 bilhões.

“A abertura de capital do IPO Banco Digital da Caixa é uma ameaça à defesa da Caixa 100% pública. A Caixa é o banco público brasileiro que contribui com várias políticas públicas, como o sonho da casa própria, o financiamento de obras, estradas, saneamento junto às prefeituras”, relembra a diretora sindical e empregada da Caixa Virgínia Faria. “Por isso, com esse movimento do governo Bolsonaro, quem perde não são apenas os empregados, mas toda a população. Afinal, a essência da Caixa é social, mas a gente sabe que em um banco privado não existe espaço para pensar políticas públicas, pois o que importa é o lucro”, aponta ela.

Por trás de um discurso que buscar esconder as intenções, os movimentos trabalhistas e sindicais têm claro que Bolsonaro prioriza na sua agenda as privatizações, e pretende desmontar o banco que pertence ao povo. “Eles estão prevendo, para ano que vem, que em torno de 15% da Caixa seja privatizada”, revela Virgínia. “Cabe a nós, empregados e sociedade, lutarmos para que isso não aconteça. E promovermos um debate com a população para que ela também se posicione e se some a esta luta”. #Eu defendo a Caixa 100% pública.

“Quanto vale um  banco?”

“Nós digitalizamos 64 milhões de pessoas. Quanto vale um banco com 64 milhões de pessoas? Pessoas de baixa renda, bancarizadas pela primeiríssima vez, então elas vão ser leais pelos resto de suas vidas”, disse Guedes na think thank neoliberal Milken Institute Global Conference. “Estamos planejando um IPO desse banco digital que nós produzimos em menos de seis meses”, completou o ministro, orgulhoso.

Segundo dados da Caixa, o aplicativo Caixa Tem atingiu 91,6 milhões de contas poupanças sociais digitais abertas até 9 de agosto.

Redução temporária de salário

Além do auxílio emergencial, o aplicativo permite pagamento do saque emergencial do FGTS e do chamado BEM, benefício dentro do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, que busca a redução temporária de salário e jornada ou a suspensão do contrato de trabalho dos trabalhadores.

Fonte: Imprensa SindBancários, com informações de Revista Exame, Folha de S. Paulo, Site R7 e Diário do Comércio (MG).

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER