Caixa: a partir da terça, 18, agências passam funcionar das 8h às 13h

A alteração no horário normal aumentava atendimento e causava estafa nos empregados

A partir de amanhã, terça-feira, 18/08, as agências da Caixa passam a funcionar em novo horário – das 8h às 13h. A modificação acontece após a reivindicação feita pela Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), na segunda reunião de negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), realizada na quarta, 12, da semana passada, por videoconferência.  O anúncio do banco, aceitando a proposta das entidades dos trabalhadores, aconteceu na sexta-feira, 14.

Estafa
“Nós pedimos o retorno das agências ao horário de atendimento normal. Da forma que estava até agora, os empregados vinham extrapolado em muito a jornada, ficando estafados. O banco respondeu que não será possível voltar ao horário normal das agências, porque a população vai cedo para a porta do banco, o que pode geral algum tumulto. Mas, aceitou diminuir o tempo de atendimento”. A explicação é da coordenadora da CEE/ Caixa e secretária da Cultura da Contraf-CUT, Fabiana Uehara Proscholdt.

Pequeno alívio

Conforme a também funcionária da Caixa e diretora do SindBancários, Carol Heidner, a situação estava ficando insustentável aos empregados: “Os colegas estavam e estão exaustos nas agências, e a redução do atendimento ao público em uma hora traz um pequeno alívio. Não dá para esquecer que já são cinco meses de uma sobrecarga adoecedora sobre os empregados, que não se limita apenas ao volume de trabalho, mas que é combinada com a pressão diária de expor a si e aos seus colegas ao contágio. A Caixa precisa criar condições para que o atendimento à população não custe a saúde física e mental dos empregados”, afirmou Carol. “O mínimo que se espera é o respeito à jornada”, concluiu.

Link para denúncias

A pedido da CEE/Caixa, o banco criou um link na intranet para que os empregados possam anonimamente fazer denúncias de onde não estão sendo seguidos os protocolos de saúde e segurança, em prevenção à Covid-19.

Fonte: Imprensa SindBancários com CEE/Caixa e Contraf-CUT

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER