Brasil tem a quarta maior taxa de desemprego entre principais economias

A informação é da agência de classificação de risco Austin Rating, analisandpo mais de 40 países

O Brasil tem a quarta maior taxa de desemprego entre as principais economias do mundo. É o que aponta o ranking da agência de classificação de risco Austin Rating, com dados de mais de 40 países que já divulgaram informações sobre o 3º trimestre. No Brasil, conforme esses dados, a taxa de desemprego é mais que o dobro da média global e também o pior entre os integrantes do G20 (grupo que reúne os 19 países mais ricos do mundo e a União Europeia) que já divulgaram números relativos a agosto ou setembro.

A taxa brasileira caiu 13,2% no primeiro trimestre encerrado em agosto, com 13,7 milhões de trabalhadores desempregado, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em março do ano passado, no começo da pandemia de Covid-19, o índice estava abaixo de 12%, saltando para 14,7% no 1º trimestre de 2021.

Dados do FMI

De acordo com o ranking, apenas Costa Rica, Espanha e Grécia registraram em agosto uma taxa de desemprego maior que a do Brasil. Levantamento anterior da Austin Rating, com dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), mostrou que o Brasil teve a 21ª pior taxa de desemprego do mundo em 2020, em ranking com 111 países.

Fontes: Blog do Almir Freitas, RGN e Austin Rating. Edição de Imprensa SindBancários. Foto: Arquivo SindBancários.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER