Bradesco vai antecipar PLR

A pedido do Comando Nacional dos Bancários, banco anuncia pagamento da primeira parcela já com aumento real na segunda-feira, 16/9

O Bradesco atendeu o pedido do Comando Nacional dos Bancários e vai pagar a primeira parcela da Participação nos Lucros e/ou Resultados na segunda-feira, 16/9. O pedido de antecipação foi feito durante reunião realizada no dia 20 de agosto.

O pagamento dessa parcela é uma conquista da luta e da mobilização dos bancários de todo o país. Em 2018, fechamos um acordo coletivo nacional com validade de dois anos. Essa estratégia se mostrou acertada.

Além de obtermos aumento real de 1% (4,31%) em todas as verbas salariais, incluindo a PLR, mantivemos, com nossa mobilização, todas as garantias da CCT. Lembremos que, a reforma Trabalhista de 2017, a terceirização e agora a reforma da Previdência estão num contexto de ataques às conquistas dos trabalhadores desde 2016.

O contexto de retirada de direitos e de um governo que ataca sindicatos e não tem projeto de geração de renda e emprego exigiu que nossa estratégia mudasse e que buscássemos a garantia de dois anos em um acordo com a Fenaban”, explicou o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, que também é funcionário do Bradesco.

Regras da PLR

A primeira parcela da PLR 2019 é composta de regra básica e parcela adicional. A regra básica corresponde a 54% do salário mais valor fixo de R$ 1.474,42 (reajustado em 4,31%), limitado ao valor individual de R$ 7.916,81 ou a 12,8% do lucro líquido do banco apurado no 1º semestre de 2019, o que ocorrer primeiro.

A parcela adicional é a divisão linear de 2,2% do lucro líquido do 1º semestre de 2019, com limite individual de R$ 2.457,36 (reajustado em 4,31%).

Fonte: Contraf-CUT, com edição do SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER