BB: Contraf-CUT reivindica antecipação da PLR

O banco pode pagar até 10 dias úteis após a assinatura do acordo, mas costuma depositar o dinheiro dos funcionários no mesmo dia que paga dividendos de acionistas

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) encaminhou, nesta terça-feira, 08, ofício ao Banco do Brasil solicitando a antecipação da parcela da Participação nos lucros e/ou Resultados (PLR). Pelas regras definidas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), o banco tem até 10 dias úteis após a assinatura do acordo para efetuar o pagamento aos funcionários, mas costuma pagar a PLR no mesmo dia em que é feita a distribuição dos dividendos do lucro aos seus acionistas. O acordo foi assinado na última sexta-feira, 04/09.

CEBB pressiona

“Neste tempo de pandemia é importante que as pessoas tenham acesso ao dinheiro o mais rápido possível”, disse o coordenador da Comissão de Empresa dos funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga. “Esperamos que o banco atenda nossa reivindicação”, completou.

Fonte: Contraf/CUT e Edição de Imprensa/SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER