Banrisulenses cortam bolo da resistência no aniversário do Banrisul e realizam caminhada em defesa do patrimônio público segunda, 12/9

O Banrisul chega na segunda-feira, 12/9, aos 88 anos. E mais uma vez a política de austeridade do governo do Estado, combinada com a política de terra-arrasada no patrimônio público do Governo Federal, ameaça o banco público dos gaúchos. Os Banrisulenses sabem muito bem qual é a importância do Banrisul para o Estado. Financiamento da agricultura, uma cobertura de agências de 98,5% dos municípios do RS e um crescimento patrimonial e de lucro que ajudam o Estado a crescer.

Colegas do Banrisul, estamos em GREVE. Nossa paralisação cresce a cada dia. Somente na área de atuação do SindBancários, Porto Alegre e Região Metropolitana, 260 agências ficaram fechadas nesta quinta-feira, 8/9, terceiro dia do movimento. Na sexta-feira, 9/9, a partir das 11h, em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários irá se reunir com a Fenaban para ouvir dos banqueiros uma nova proposta de reajuste. Não podemos contar com uma proposta decente, pois a Fenaban ofereceu, em 29/8, 6,5% de reajuste nas verbas salariais e R$ 3.000,00 de abono. Essa proposta foi rejeitada em assembleia de 1º/9, quando foi decidida a GREVE a partir de 6/9. A proposta não tem aumento real.

Por isso, nesta sexta, 9/9, a partir das 10h, os Banrisulenses estão convocados a participarem de uma vigília. Vamos aguardar o desfecho da reunião da Fenaban, mas já avisamos. Se não houver aumento real, vamos fortalecer oi movimento, continuar conversando com os colegas e trazer mais gente para as atividades da GREVE.

Diretoria do Banrisul de mãos vazias

A atual diretoria parece desconhecer que a força do Banrisul é garantida pelo atendimento de clientes e operação de negócios pelos mais de 11 mil funcionários. Isso porque, na primeira mesa de negociação específica com o Comando Nacional dos Banrisulenses, em 2/9, na sede da Fetrafi-RS, a diretoria do banco chegou de mãos vazias. Nenhuma perspectiva de melhoria da PLR, nada sobre o Plano de Carreira. E ainda: NÃOS para nova migração na FBSS, para chamar mais concursados e para o fim do assédio moral e das metas abusivas.

Em nome da resistência à privatização do Banrisul, os Banrisulenses precisam atender o chamado da defesa do banco público dos gaúchos. Vamos todos provar o bolo da resistência e dizer um SIM muito forte à manutenção do Banrisul público. É tempo de GREVE. É tempo de luta! A segunda-feira na Praça da Alfândega será dos Banrisulenses.

SÓ A LUTA GARANTE O BANRISUL PÚBLICO!

Agenda da GREVE

Sexta-feira, 9/9

8h: Saída dos Piquetes Móveis para agências de bancos públicos e privados.

10h: Vigília da GREVE e Ato por uma proposta decente da Fenaban na Praça da Alfândega, entre o Banrisul e a Caixa.

11h: Mesa de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban em São Paulo.

Meio-dia: Almoço coletivo na Praça da Alfândega.

14h: Reuniões dos grevistas por bancos na Casa dos Bancários (Rua General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre).

Vamos provar o bolo da resistência! 88 anos de Banrisul público!

Segunda-feira, 12/9

8h: Saída dos Piquetes Móveis para agências de bancos públicos e privados.

Meio-dia: Ato de Aniversário do Banrisul e em Defesa do Patrimônio Público na Praça da Alfândega em frente à Agência Central do Banrisul no Centro Histórico de Porto Alegre.

13h: Caminhada até o Palácio Piratini.

15h: Assembleia de avaliação da proposta da Fenaban no Clube do Comércio (Andradas, 1.085, Centro Histórico de Porto Alegre).

A diretoria só diz NÃO

:: Melhoria da PLR Banrisul

:: Reabertura do Processo de Migração da Fundação Banrisul

:: Mais contratações de funcionários concursados

:: Fim do assédio moral e da violência organizacional

Crédito fotos: Anselmo Cunha

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER