Banrisulense que morreu ao salvar esposa em incêndio deve ser sepultado nesta sexta, 8/1

O colega do Banrisul do setor de TI, José Francisco Miranda Samarani, de 49 anos, literalmente deu a vida para salvar a sua esposa e o cachorro de um incêndio em sua casa no bairro Medianeira em Porto Alegre, na noite da quinta-feira, 7/1. O fogo começou no terceiro andar da residência, provavelmente devido a um problema elétrico. Depois de retirar a esposa com segurança da residência, José Francisco teria voltado para resgatar seu cão. De acordo com informações preliminares, o colega teria morrido ao inalar fumaça.

O corpo deverá ser sepultado às 17h30 desta sexta-feira, 8/1, no Cemitério Jardim da Paz. A administração do Cemitério informou, às 15h desta sexta, que o corpo ainda não havia chegado e que havia a possibilidade de o sepultamento ocorrer no sábado, 9/1.

O Cemitério Jardim da Paz localiza-se na Avenida João de Oliveira Remião, 1347, em Porto Alegre. Os telefones para informações são os seguintes:  (51) 3319.1312/3319.1033.

O colega banrisulense  não conseguiu deixar a casa. O cachorro sobreviveu ao incêndio. As chamas foram controladas por volta das 22h30. A perícia ainda apura as causas, mas a principal hipótese é de um problema na parte elétrica.  Duas viaturas do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência.

Fonte Rádios Guaíba e Gaúcha, com Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER