Bando destrói agência do Sicredi em Cerro Grande do Sul e foge com dinheiro de caixas e cofre

O interior de uma agência do Sicredi em Cerro Grande do Sul, na Região Centro Sul do estado, atacado com o uso de explosivos por um grupo de ao menos quatro homens armados na madrugada de sábado, 08/10, destruiu todo o interior do banco. Foram explodidos dois caixas automáticos e o cofre da agência – o que causou o arremesso de peças metálicas para longe, atingindo telhados de residências vizinhas e levando pânico à cidade. Na fuga, os criminosos ainda atiraram contra a Delegacia de Polícia local. Dois jovens que haviam sido feito reféns foram liberados algum tempo depois.

A agência atingida fica situada na Avenida Coronel Arthur Emilio Jenisch, no Centro da cidade. Tiros desferidos pelos assaltantes, para intimidar, também atingiram vários veículos que estavam estacionados perto do banco, mas não houve feridos.

A Polícia investiga se o ataque ousado em Cerro Grande do Sul tem relação aos assaltos recentes em Riozinho e Bom Retiro do Sul, onde também foram utilizados quando número de explosivos. “Este tipo de ataque com grande poder de destruição mostra que a ousadia dos criminosos cresce na mesma medida em que a segurança pública no estado fica fragilizada, a partir das políticas recessivas do governador José Ivo Sartori sobre o funcionalismo público, incluindo os policiais civis e militares, que têm seus salários fatiados”, critica o presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

Terminal eletrônico do Bradesco

Já na madrugada desta segunda-feira, 10/10, foi atacado um caixa eletrônico do Bradesco na Avenida Edgar Pires de Castro, na zona sul de Porto Alegre. A Brigada Militar foi contatada por populares que observaram um terminal danificado em uma agência do Bradesco situada em complexo comercial da região. Quando os policiais chegaram ao local, encontraram um caixa eletrônico violado. Não há informações sobre a quantia levada pelos bandidos. O local está isolado para a realização de perícia.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER