Bancários do Itaú aprovam em assembleia avanços na política do PCR e nas bolsas de estudo

Os colegas do Itaú aprovaram no final da tarde da quinta-feira, 27/12, em assembleia na Casa dos Bancários, as novas políticas de remuneração de renovação dos acordos do Programa Complementar de Resultados (PCR) referentes a 2019 e 2020 e da concessão de 5.500 bolsas de estudo disponibilizadas para graduação, segunda graduação e pós-graduação para o mesmo período. É conquista fruto da negociação iniciada na Campanha Nacional dos Bancários de 2018 e da mobilização dos bancários em todo o país.

O PCR de 2019 será de R$ 2.900, 9% maior do que o valor pago em setembro de 2018 (R$ 2.662,66). Já as bolsas de estudo terão reajuste de 5%. Para 2020, os valores serão reajustados pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) mais aumento real a ser conquistado na Campanha Nacional dos Bancários.

Para o diretor do SindBancários e funcionário do Itaú, Eduardo Munhoz, a renovação do acordo com reajuste foi resultado de uma intensa negociação com o banco num contexto de retirada de direitos dos trabalhadores em razão da reforma trabalhista. “As mesas de negociação específicas com o banco foram muito difíceis. Tivemos que resistir à pressão da diretoria do banco que queria retirar direitos”, avaliou Eduardo.

O presidente do SindBancários, Everton Gimenis, explicou que os bancários precisarão estar mobilizados e unidos para resistir a ataques a seus direitos e continuar defendendo suas conquistas. “Os colegas do Itaú conseguiram avançar porque tivemos uma Campanha Nacional longa e com muita negociação. Houve muitas ameaças dos banqueiros. A partir de agora, precisamos estar atentos. Uma das tarefas de nós trabalhadores será ajudar um ao outro na defesa dos bancos públicos, dos nossos empregos e manter nossos direitos”, salientou.

Mesmo com toda a pressão dos banqueiros e no contexto de retirada de direitos da reforma trabalhista, os bancários aprovaram uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com aumento real em 2018 e 2019.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER