Ato público convoca resistência à venda da Banrisul Cartões

Dirigentes sindicais convocaram colegas a acompanharem audiência pública na Assembleia Legislativa ou online para defender o Banrisul público nesta quarta-feira, 24/11, a partir das 18h15

Um simples e quase inútil detalhe incrustado no prédio da Diretoria Geral (DG) serve de testemunho do descaso e da incompetência que o governador Eduardo Leite e a atual diretoria conferem à administração do Banrisul público. Quem passa pela rua Caldas Junior, no Centro de Porto Alegre, logo percebe que falta alguma coisa na placa que ostenta o nome do Banrisul no suntuoso prédio-sede do Centro de Porto Alegre.

O flagrante foi feito na quarta-feira, 24/11, por volta do meio-dia, durante o Ato de protesto e de convocação de resistência que dirigentes do SindBancários e da Fetrafi-RS realizaram na frente da DG para chamar à participação na Plenária da Assembleia Legislativa a partir das 18h15 do mesmo dia (saiba como participar mais abaixo nesta matéria).

A pintura da letra “B” de Banrisul da placa descascou e a letra ficou “invisível”. Quem olha de longe pode até achar que o nome do nosso banco público agora é “anrisul”.

É claro que a falta de um “B” numa placa não faz muita diferença, a não ser denunciar o relaxamento de quem deveria investir no Banrisul para mantê-lo forte. Mas é um indício decisivo de um modus operandi tacanho: é assim que governadores privatistas que se sucedem a duas ou três quadras dali, no Palácio Piratini, fazem.

Eles depredam a imagem do setor público. Enfiam na cabeça dos gaúchos que tudo que é público não presta. E, então, começam a propagar a venda do patrimônio público como a solução dos falsos problemas que eles mesmos criam. Leite já fez isso com a CEEE-D, com a Sulgás e está fazendo com a Corsan.

Mas nós sabemos que à incompetência da falta de um mísero “B” soma-se a deterioração planejada da Banrimar, ao processo de deterioração que a Sede Serraria sofre. E agora, desde que o JP Morgan foi chamado para entregar a Banrisul Cartões, a equação tétrica passou a ter como variável o discurso implosivo de que a Vero só não anda pra frente se for privatizada e logo. Bobagem!

A diretora do SindBancários e funcionária do Banrisul, Ana Guimaraens, fez um alerta e um convite aos colegas Banrsiulenses da DG. Que fiquem atentos ao desmonte e à preparação da privatização da holding toda, a S/A. Empregos estarão em jogo, se não houver mobilização e defesa do Banrisul público, assim como a venda da Banrisul Cartões vai representar uma queda importante na Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Hoje é a Banrisul Cartões. Amanhã é a S/A. Se não nos mobilizarmos, vendem o banco e acabam com nossos empregos. Quando privatizaram o Meridional, foi isso que aconteceu”, lembrou Ana.

O presidente do SindBancários, Luciano Fetzner, reiterou o convite para participação na Plenária de algum integrante da diretoria do Banrisul e lembrou que o lucro da Banrisul Cartões representa cerca de 30% do lucro global do Banrisul.

Ninguém consegue entender por que a diretoria do Banrisul junto com o governador Eduardo Leite querem vender a Banrisul Cartões. Queremos saber. Os gaúchos sabem da importância do Banrisul público para a cultura e economia do Estado. Queremos dialogar”, ponderou Luciano, acrescentando que o impacto da venda da Banrisul Cartões vai se refletir também nas Remunerações Variáveis (RVs).

O diretor da Fetrafi-RS e funcionário do Banrisul, Fábio Soares, exaltou a plenária desta quarta-feira, 24/11, por ser um marco para a criação de uma nova onda de defesa do Banrisul público. “Esse é o marco zero da resistência ao neoliberalismo de Eduardo Leite”, asseverou.

Saiba como participar da Plenária da Banrisul Cartões na Assembleia Legislativa ou como acompanhar online (evento híbrido).

CONVOCAMOS a todos e todas e todes para que participem desta quarta-feira, 24/11, a partir das 18h15, da audiência pública sobre a venda da Banrisul Cartões.

Quando: Quarta-feira, 24/11 (hoje) a partir das 18h15

Segue abaixo o link de entrada:

https://alergs.webex.com/alergs/j.php?MTID=m7ba5f996a17ea57adf4ec6bf87267ee6

Número da reunião: 2332 815 4633

Senha: FDhSTZZP735

Entrar pelo sistema de vídeo

Disque 233[email protected]

Você também pode discar 173.243.2.68 e inserir seu número de reunião.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER