Ato marca resistência dos bancários em frente ao Banco do Brasil, em Porto Alegre

Um ato em frente à agência central do Banco do Brasil, na Rua Uruguai, Centro de Porto Alegre, na manhã desta segunda-feira, 03/10, marcou o 28º dia da greve nacional dos bancários. Dezenas de bancários, sindicalistas e alguns clientes apoiaram a manifestação promovida pelo SindBancários. “Vamos continuar mobilizados frente a intransigência dos banqueiros”, disse o diretor do Sindicato e funcionário do BB, Julio Vivian.

PORTO ALEGRE/RS/BRASIL                                                          Foto:Caco Argemi/SindBancários

Ele lembrou que o país hoje vive num clima de insegurança sobre os direitos históricos dos trabalhadores, a partir do governo ilegítimo de Michel Temer, e reforçou que é preciso manter a mobilização para forçar os banqueiros a apresentar melhor proposta na mesa de negociação.

Consciência crítica

Já o sindicalista Mauro Salles, ex-presidente do SindBancários, destacou: “Nossa resistência está construindo consciências críticas no calor da luta. A unidade conquistada precisa ser bem cuidada, não permitindo que interesses oportunistas levem a categoria para uma derrota. Acima de tudo ter fé e sabedoria para continuar nossa mobilização, acreditando na força da luta coletiva”, afirmou.

Apoio do cliente

Ao final do ato, um idoso, cliente do Banco do Brasil, juntou-se ao protesto dos bancários: “Apoio e me solidarizo com a luta de vocês. Os bancos lucram muito, cobram juros altíssimos e pagam mal os seus funcionários. As reivindicações de vocês são justas!”, finalizou.

Fotos: Caco Argemi

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER