Ato da CUT-RS e centrais no Aeroporto de Porto Alegre exige Fora Temer e Diretas Já

A CUT-RS e centrais sindicais amanheceram outra vez na segunda-feira, 22/5, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. Munidos de faixas, bandeiras e cartazes e aparelho de som, foi realizado um ato às 5h da madrugada no saguão de embarque, dialogando com os passageiros e trabalhadores das empresas aéreas e exigindo Fora Temer, eleições diretas já e retirada das reformas da Previdência e trabalhista do Congresso Nacional.

Nenhum deputado ou senador embarcou no voo direto para Brasília. Além da CUT e vários sindicatos filiados, estiveram presentes dirigentes da CTB, Força Sindical e Nova Central.

“Mostramos que o governo Michel Temer (PMDB) não tem legitimidade, nem credibilidade e muito menos moral para continuar no Palácio do Planalto”, afirmou o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo. “Precisamos resgatar a democracia com direitas já e jogar no lixo da história as reformas que o Temer não conseguiu aprovar no Congresso para saciar o apetite do mercado e do capital financeiro, diante da força da resistência e luta da classe trabalhadora”, apontou.

Para Claudir, a CLT nunca foi empecilho para gerar empregos e fazer o Brasil crescer, e que os atuais 14 milhões de desempregados não podem esperar até 2018. “Essa corja de ladrões de direitos interrompeu o ciclo de avanços sociais no país e, com as reformas da Previdência e Trabalhista e de outros ataques aos direitos, querem impor uma agenda de retrocessos”, frisou.

Ocupa Brasília e ato em Porto Alegre nesta quarta

Nesta quarta-feira, 24/5, haverá marcha e ocupação em Brasília. Centenas de ônibus estarão partindo nesta segunda-feira do Rio Grande do Sul e outros estados para exigir que o Congresso pare o trator das reformas de Temer, bem como para cobrar diretas já. A mobilização deverá reunir milhares de pessoas de todos os cantos do país.

No mesmo dia, haverá também um ato, às 18h, na Esquina Democrática, no centro da capital gaúcha. “Vamos protestar contra essas reformas e gritar Fora Temer e diretas já, a fim de evitar o golpe dentro do golpe e garantir o direito do povo brasileiro escolher o novo presidente da República”, enfatizou Claudir.

Fonte: CUT-RS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER