“Assinei sem ler”, diz Lasier Martins após assinar PEC que blinda presidentes da Câmara e do Senado

Nesta quinta-feira (16), o senador Lasier Martins (PSD) afirmou que assinou “por engano” a Proposta de Ementa à Constituição (PEC) do senador Romero Jucá (PMDB) que blindaria os presidentes da Câmara e do Senado de investigações a respeito de fatos anteriores ao mandato. Lasier confessou que assinou o documento sem ler, a partir de um pedido de uma funcionária. “Pela primeira vez, assinei sem ler. Estava ali uma porção de gente do PSDB, imaginei que fosse um projeto sério”, disse.

Minutos depois, ele teria sido avisado pelo senador Randolfe Rodrigues (REDE) sobre o real conteúdo da proposta. Assim, Lasier teria “corrido para tentar tirar a assinatura”, mas ela já havia sido registrada.

Em entrevista ao programa da Rádio Gaúcha, Timeline Gaúcha nesta manhã, Lasier disse que aprendeu uma “grande lição”. “É evidente que cometi erro grosseiro de assinar sem ler. Espero que acreditem em mim.” O político ainda enfatizou que sempre foi contra ao grupo liderado por Renan Calheiros, Romero Jucá e Eunício Oliveira no Senado. “Quem me conhece sabe que eu estou exatamente no sentido contrário. Eu não votei no Eunício Oliveira para presidente do Senado, discordo dele, como vou agora protegê-lo?”.

Em poucas horas, o nome de Lasier foi um dos nomes mais comentados do Twitter.

Crédito Foto:  Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Fonte: Sul 21

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER