Assembleia do BB aprova paralisação na sexta, 29/1

Empregados da base do SindBancários decidem, com 89% dos votos, pela adesão ao Dia Nacional de Paralisação contra a restruturação com desmonte, demissões e precarização do Banco do Brasil. Na quarta, 27/1, haverá plenária estadual de organização

Os empregados do Banco do Brasil que formam a base do SindBancários aprovaram por ampla maioria a participação no Dia Nacional de Paralisação na próxima sexta-feira, 29/1, em todo o país. A aprovação foi de 89% dos participantes que votaram via plataforma on line.

Na quarta-feira, 27/1, às 19h, haverá uma plenária estadual virtual de organização da paralisação. Ainda nesta terça-feira, 25/1, o link da reunião será informado aos colegas do BB do RS que quiserem participar.

Neste encontro on line, a participação dos colegas na paralisação será organizada para que haja uma adesão significativa e capaz ampliar a mobilização e a resistência para a luta pelo fim do processo de reestruturação/desmonte do BB.

Lembrando que a direção do BB anunciou em 11 de janeiro um novo processo de reestruturação com PDV para demissão de 5 mil colegas e fechamento de 361 agência do banco em todo o país.

O banco ainda não divulgou detalhes da reestruturação, mas, diante das decisões relacionadas às empresas públicas do governo Bolsonaro, trata-se de uma preparação para possível privatização do banco.

A reestruturação ignora completamente as dificuldades no trabalho presencial enfrentadas pelos(as) bancários(as) do BB durante a pandemia de Covid-19 e os transtornos causados na vida de quem terá que trocar de local de trabalho de uma hora para outra. O banco também anunciou a extinção da função de caixa executivo, o que pode reduzir salários em até um terço.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER