Após pressão dos bancários, BNDES marca primeira negociação para dia 18

A reunião, através de videoconferência, acontece na próxima terça, 18/08, a partir das 14h30.

Após muita pressão dos sindicatos e associações dos funcionários, a direção do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) finalmente confirmou a data da primeira negociação da campanha salarial 2020. A reunião, que será realizada através de videoconferência, acontece na próxima terça-feira, 18/08, a partir das 14h30.

A informação foi anunciada pelo diretor de Pessoas e Cultura do banco, Rodrigo Aquino, que telefonou para o vice-presidente da Contraf-CUT, Vinícius de Assumpção (foto abaixo) para marcar a rodada de negociação depois de um longo período de silêncio da empresa. As entidades representativas pediram para antecipar a reunião para segunda-feira, 17, mas aguardam uma resposta do banco.

Pré-acordo

“Nós vamos apresentar uma proposta de pré-acordo para garantir os direitos garantidos pelo acordo vigente, em função da demora do BNDES em definir um calendário de negociação e do pouco tempo que temos até a data-base, que é 1º de setembro”, afirma Vinícius.

Assembleia histórica

No último dia 3 agosto, os bancários do BNDES realizaram, por meio virtual, em função do novo coronavírus, uma assembleia com participação histórica para aprovar a minuta de reivindicações e autorizar os sindicatos, Contraf-CUT e associações a representarem os trabalhadores do banco nas negociações.

“Quase metade de todo o contingente do banco, cerca de 1.048 trabalhadores (são mais de 2 mil em todo o país), participou da assembleia de aprovação da pauta de reivindicações, o que demonstra o nível de interesse dos funcionários na campanha salarial deste ano”, elogiou o vice-presidente da Contraf-CUT.

Fonte: SindBancários do RJ, com Contraf-CUT e edição de Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER