André Brandão é o novo presidente do Banco do Brasil

O executivo tomou posse nesta terça, 22, em substituição a Rubem Novaes, desgastado com entrega de carteira do BB ao BTG Pactual

Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira, 22/09, o ato de nomeação de André Brandão para a presidência do Banco do Brasil (BB), em substituição a Rubem Novaes. Bolsonaro, Brandão, Novaes e o ministro da Economia, Paulo Guedes, estiveram reunidos pela manhã, no Palácio do Planalto, para uma “posse simbólica” do novo presidente do BB. As informações são do Estadão.

Maracutaia

Vale recordar que a substituição do presidente do BB acontece na esteira do seu desgaste político, após autorizar recentemente a venda escandalosa de uma carteira de crédito do banco estatal, no valor de R$ 2,9 bilhões, ao banco de investimentos BTG Pactual pela bagatela de R$ 300 milhões. Além do valor muito baixo, foi a primeira venda de ativos do gênero feita fora do conglomerado do Banco do Brasil. Novaes chegou a comparecer ao Congresso Nacional para tentar explicar a nebulosa transação, lembrando ainda que o BTG Pactual foi criado pelo ministro da Economia Paulo Guedes, chefe imediato de Novaes no governo Bolsonaro.

Diário Oficial da União

A nomeação de Brandão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, assim como a exoneração de Novaes. Com isso, Brandão tomará a posse administrativa na sede do banco, em Brasília, mas não haverá solenidade, apenas assinatura de documento.

Nada a declarar

Brandão deixou o Planalto no início da tarde, mas não falou com a imprensa. Novaes e o ministro Paulo Guedes também não deram declarações. Nas últimas semanas, Brandão já estava atuando no processo de transição no BB, até então feito de forma virtual e a distância, por causa de sua mudança de volta ao Brasil, após temporada nos Estados Unidos.

Fonte: Imprensa SindBancários, com Agência Estado e Correio do Povo/NRG. Foto: Alan Santos / PR / Divulgação. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER