Alunos da Oficina de Criação Literária do SindBancários fazem pesquisas em Pelotas e Rio Grande sobre BB

Os alunos da Oficina de Criação Literária do SindBancários, que está escrevendo o livro sobre o Centenário do BB no RS, viajaram a Pelotas e Rio Grande em busca de documentos e relatos sobre a inauguração das duas primeiras agências do BB no interior do Estado. O gerente da agência Estilo Pelotas, André Braga Ferreira, foi o anfitrião do grupo na sexta-feira, 13/5.

Além de buscar documentação, apresentou a colega aposentada Lucinda Helena Ziebell que acompanhou os oficineiros à Bibliotheca Pública Pelotense, onde realizaram pesquisas nos jornais do mês de julho de 1918 – descobrindo o local exato da primeira sede do BB na cidade, quem foi o primeiro gerente, entre outras informações. A própria Lucinda contou diversas histórias e compartilhou jornais com matérias alusivas aos 75 anos da agência Pelotas – 0029, quando foi realizado um concurso de redação para alunos de escolas públicas, que escreveram sobre a trajetória do BB no município.

No sábado, em Rio Grande, o gerente Fábio Carvalho, acompanhou o grupo na manhã de pesquisas realizadas na Biblioteca Pública Rio-grandense, a mais antiga instituição de cultura do Rio Grande do Sul, fundada em 1846. Os alunos da Oficina tiveram a oportunidade de assistir à explanação do professor de História da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), Francisco das Neves Alves, e pesquisar nos jornais da época. Também conversaram com os colegas aposentados Mário Fernando Fonseca e Zulmar da Silva Vieira, que além de muitos relatos, ainda forneceram fotos e documentos antigos, ajudando a recuperar a história do Banco em Rio Grande.

O escritor Alcy Cheuiche, que ministra oficinas de criação literária há mais de uma década, destaca que a presença dos alunos no local onde os fatos acontecem é essencial para enriquecer as histórias contadas. “Estamos escrevendo um livro para ser lido. Não se trata de relatórios, balanços, dados técnicos. Estamos retratando as pessoas, os ambientes, as situações que permeiam a vida do BB em solo gaúcho”, salienta o professor.

Doação de Livros

Cheuiche fez questão de doar exemplares de suas obras para as duas bibliotecas visitadas. Em Pelotas, os livros foram entregues ao historiador Daniel Barbier, mestre em Patrimônio Cultural da Bibliotheca Pública Pelotense, na presença do secretário municipal de Cultura, Giorgio Ronna. Ambos ficaram lisonjeados com a visita e com a doação, contribuindo para as pesquisas e disponibilizando a estrutura do local para que a obra seja lançada futuramente na Princesa do Sul.

Em Rio Grande, a doação foi feita ao Diretor da Biblioteca Rio-Grandense, Francisco das Neves Alves, e ao secretário municipal de Cultura Ricardo Freitas, que apoiou e incentivou a visita do grupo ao município e reforçou o convite para que o livro sobre o Centenário do BB seja lançado na cidade do Rio Grande no final de 2016 – convite prontamente aceito pelo professor e pelos alunos da Oficina, que se comprometeram a retornar em breve à Noiva do Mar.

Fonte: Michele Cardoso, Assessora do Núcleo de Comunicação BB da Superintendência do RS

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER