Covid-19: Santander nega convocação de gestantes para trabalho presencial em março

COE Santander conseguiu reunião com o banco para tratar sobre o tema na sexta-feira, 18/03.

O SindBancários tem recebido várias denúncias de que o Santander estaria convocando gestantes e bancários(as) do grupo de risco para Covid-19 para retorno ao trabalho presencial. As denúncias chegaram de Porto Alegre e também do interior do estado. Outros sindicatos do país também foram alertados por colegas.

Para esclarecer a situação, a Comissão de Organizações dos Emopregados (COE Santander) enviou ofício ao banco pedindo reunião. A coordenadora do COE Santander, Lucimara Malaquias, informou que “até o momento não existe qualquer anuência do movimento sindical ao retorno do grupo de risco. Ainda estamos fazendo análises e está prevista uma conversa com o banco, inclusive com a área médica, para esta sexta-feira 18, às 9h. Até lá não pode existir qualquer convocação”.

O diretor do SindBancários e representante do COE Santander, Luiz Carlos Cassemiro, explicou que tão logo os colegas denunciaram a convocação de gestantes e de alto grupo de risco para o retorno do home office, o COE questionou o Santander. O banco negou que haja convocação. “Não nos surpreenderia que o banco esteja fazendo as convocações sem negociação com o movimento sindical. Até porque as últimas ações do banco têm sido de forma unilateral, o que é lamentável”, reforça Cassemiro dizendo que a reunião de sexta é de suma importância pela pauta da saúde dos colegas.

Os bancários do grupo de risco e gestantes que forem convocados para retorno presencial nesta semana devem acionar imediatamente o Sindicato. 

O SindBancários orienta ainda que trabalhadores do grupo de risco e gestantes procurem imediatamente seus médicos assistentes, para que eles avaliem se existem condições para retorno ao trabalho presencial conforme as comorbidades de cada um. 

“A pandemia não acabou, o momento ainda exige cuidados redobrados e existe muita desinformação nas mídias. Para estar bem orientado neste cenário, é fundamental que o bancário se informe através do site e redes sociais do seu Sindicato”, conclui Lucimara.

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os(as) bancários(as). Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, fique atento às redes sociais e site do sindicato.

Imprensa Sindbancários com informações do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER