Imprimir esta página Imprimir esta página

Custos

Tenho que pagar consultas ou orientações?
Todas as consultas e orientações necessárias não terão custo algum para o bancário, independentemente do ramo do direito (trabalhista, cível, tributário, previdenciário em amplo aspecto ou penal).

E se houver o ajuizamento de ação judicial?
Em se tratando de ajuizamento de ação judicial, há distinções entre os ramos do direito no que se refere aos honorários advocatícios especificamente.

Quais sejam:

Trabalhista (Ações Individuais):
Nas ações individuais, em face da Assistência Judiciária Gratuita (AJG), não haverá o pagamento de honorários pelo bancário associado. Trata-se de uma prerrogativa do trabalhador assistido pelo Sindicato. Entretanto, tal benefício poderá não ser concedido pelo judiciário. Nesse caso, os honorários serão fixados em 10%. O bancário não associado pagará honorários de 15%. Além disso, em todos os casos, serão descontados 5% a título de contribuição para manutenção de toda a estrutura, bem como honorários de perícia contábil, entre outras despesas, conforme deliberação de Assembleia Geral da categoria.

Trabalhista (Ações Coletivas):
Conforme deliberação da Assembleia Geral Ordinária, fica autorizado o desconto, em favor do Sindicato, do percentual de 10% dos valores obtidos por integrantes da categoria profissional beneficiados em processos judiciais coletivos movidos pela entidade.

Cível, Penal, Acidentário, Previdenciário e Tributário:
Os honorários pelos serviços jurídicos, nessas áreas do direito, serão combinados diretamente com os profissionais e escritórios conveniados, sempre em patamares atrativos aos praticados pelo mercado.