• Home  /
  • Noticias   / Bancos   /
  • SindBancários promove exibição do filme “Na natureza selvagem”, com debate sobre trabalho e sociedade
SindBancários promove exibição do filme “Na natureza selvagem”, com debate sobre trabalho e sociedade 373552Naturezaselvagem Full view

SindBancários promove exibição do filme “Na natureza selvagem”, com debate sobre trabalho e sociedade

A nossa sociedade do consumo, alienação e exploração do trabalhador, que se reflete em problemas sociais e costuma trazer dificuldades e adoecimento no cotidiano das pessoas e até em sua vida profissional, pode levar a situações extremas. Para debater o tema com a categoria e discutir alternativas e soluções saudáveis, o SindBancários vai realizar mais uma edição do seu CineDebate, com exibição do filme “Na natureza selvagem”, com entrada gratuita, às 15h da próxima segunda-feira, 09/10, no cinema localizado na sede do Sindicato (Rua General Câmara, 424, Centro Histórico).

O filme, dirigido por Sean Penn, narra a história real do jovem Emile Hirsch, que após sua formatura na universidade, decide viajar pelos Estados Unidos, em busca de liberdade e da verdade. Após dois anos na estrada, empreende um caminho radical ao Alasca, onde termina ficando preso em um ônibus abandonado, cercado por uma tempestade de neve e sem ter saída.

Sensação comum

A sensação de não ter saída ou de estar isolado em uma ilha não é só das pessoas que vivem de fato esta situação”, aponta o psicólogo social do SindBancários, André Guerra. “Qualquer um de nós, no trabalho, vive situações emocionais e mentais que tem similaridade com isso”, diz ele.

Promovido pelo Grupo de Apoio a Saúde (GAS) do Sindicato, o CineDebate utiliza filmes que apresentam temáticas com pontos de contato com o dia a dia da categoria. “Mostramos que muitos problemas não são apenas individuais, mas têm causas sociais”, diz Jacéia Netz, coordenadora do GAS. “E isto ajuda as pessoas a entenderem suas situações dentro de um quadro com razões políticas e obedecendo a interesses econômicos, como é o caso dos bancos. No momento em que isto fica mais claro, podemos começar a encaminhar uma melhora, às vezes com intervenção objetiva do Sindicato”, conclui ela.

Regularidade no Cine-Debate

O filme e o debate são abertos a participação de bancários, estudantes e público em geral. A intenção do Sindicato é realizar sessões de cine-debate com regularidade, de dois em dois meses, para criar um hábito de participação dos bancários nesta iniciativa.

Escrito por José Antonio Silva

Escrever um comentário