• Home  /
  • Noticias   / Bancos   /
  • SindBancários chama 51 colegas do Santander para receber cheques de ação de descumprimento de acordo coletivo de 1991. Veja se o seu nome está na lista

SindBancários chama 51 colegas do Santander para receber cheques de ação de descumprimento de acordo coletivo de 1991. Veja se o seu nome está na lista

Colegas do Santander têm uma boa notícia. A Justiça do Trabalho liberou pagamento para 51 bancários do referido banco espanhol para receberem valores de ação trabalhista de 1991. A reclamatória trabalhista coletiva reivindicou, há 27 anos, diferenças salariais não pagas pelo banco mesmo após definição de reajustes de gratificações semestrais, férias, 13º salários no Acordo Coletivo. Explicando melhor, o banco descumpriu acordo coletivo vigente e não repassou para as verbas salariais dos bancários do Santander 25% de reajustes sobre os salários de novembro de 1990 e de 35% sobre os salários pagos a partir de fevereiro de 1991. Os cheques para os colegas que têm seu nome na lista (ver mais abaixo) estão à disposição na tesouraria da Casa dos Bancários a partir das 9h desta sexta-feira, 13/4.  

O SindBancários, através do escritório Gonçalves Franck Advogados Associados, explica que a ação tem um total de 287 substituídos. Porém, a lista de pagamentos liberada pela Justiça do Trabalho contemplou 51 nomes. O escritório advocatício que elaborou e estruturou a ação entrou em 14 de março passado com recurso para impugnar a sentença e reivindicar direitos de todos os representados na ação coletiva. “Foi protocolada Impugnação à Sentença de Liquidação na tentativa de incluirmos os bancários que firmaram acordos individuais nas respectivas Reclamatórias Trabalhistas com quitação restrita do contrato de trabalho”, escreve o advogado Jair Nauro Franck.

Esse recurso ainda será julgado na Justiça do Trabalho e poderá ser objeto de recurso junto ao TRT da 4ª Região. “Portanto, até que sobrevenha nova decisão, neste momento apenas o grupo de 51 (cinquenta e um) substituídos destacados possuem o direito ao recebimento dos valores em questão, sendo que quanto aos demais remanescentes terão de aguardar o julgamento da Impugnação e/ou recurso”, finalizou Franck.

Para o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, a vitória jurídica exige que seja feita uma reflexão a respeito da história das lutas dos bancários. Permite a comparação de um tempo que pensamos que já havíamos superado. “Essa ação coletiva restaurou um direito relacionado a uma conquista do nosso acordo coletivo de trabalho. O banco não havia cumprido o acordo. Depois de 27 anos, estamos de novo na iminência de perdermos a validade do nosso acordo coletivo porque o golpista Temer conseguiu impor a reforma trabalhista. Essa vitória mostra que, com luta e persistência, os trabalhadores conseguem avanços”, recordou Gimenis.

A diretora jurídica do SindBancários, Geovana Freitas, alerta para a importância dos Sindicatos na vida dos trabalhadores e contextualiza a situação ante o golpe nos direitos dos trabalhadores que a vitória jurídica representa. “Essa vitória, que pode ser ampliada, comprova a importância da sindicalização dos bancários e bancárias. Além de fortalecer a entidade para melhor representar os interesses da categoria, onde os sócios são favorecidos pelas ações coletivas contra os bancos. Portanto, não fique só, sindicalize-se”, afirmou.

Como fazer para receber meu cheque?

Antes de ir até o Sindicato, confira se o seu nome está na lista (veja acima). Então, munido de documento, vá à tesouraria no segundo andar da Casa dos Bancários (General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre). Quem não puder comparecer por estar morando em outra cidade, deve preencher autorização e enviar ao endereço do Sindicato, indicando o número da conta para depósito do valor.

Como receber na sede do Sindicato pessoalmente

> Horário de atendimento: das 9h às 17h, a partir desta sexta-feira, 13/4

> Telefone do Sindicato: (51) 3433-1200

> Vá até o terceiro andar da Casa dos Bancários.

Quem não puder comparecer à Casa dos Bancários pessoalmente

Colegas que não podem comparecer pessoalmente no Sindicato, podem solicitar o depósito do pagamento em sua conta bancária. Para tanto, é preciso o seguinte:

1) Imprima a autorização no link indicado nesta reportagem (veja abaixo)

2) Preencha com seus dados pessoais.

3) Vá a um Cartório e reconheça firma.

4) Envie para o endereço do SindBancários pelos Correios como carta registrada – General Câmara, 424, Centro Histórico – Porto Alegre – CEP: 90.020-015

Documento para autorização de depósito em conta bancária

Fonte: Imprensa SindBancários

Escrito por Clóvis Victoria

Escrever um comentário