• Home  /
  • Noticias   / Bancos   /
  • Pressão jurídica do SindBancários faz banco Mercantil retroceder e restabelecer plano de saúde da Unimed para funcionários

Pressão jurídica do SindBancários faz banco Mercantil retroceder e restabelecer plano de saúde da Unimed para funcionários

O Banco Mercantil do Brasil tomou uma decisão unilateral no primeiro semestre do ano passado ao trocar o plano de saúde dos bancários da Unimed para Bradesco Flex. A consequência disso foi que muitos funcionários se sentiram prejudicados por duas razões básicas. Primeiro, o novo plano exigia contrapartida dos funcionários, quer dizer, era preciso pagar parte da consulta ou outros serviços médicos, além de a coparticipação exigir mais recursos por parte dos funcionários. O segundo motivo era que o novo plano tinha uma cobertura inferior, quer dizer, havia menos médicos e serviços à disposição dos bancários do Banco Mercantil do Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul.

A troca de plano ocorreu em junho do ano passado. Diante das inúmeras reclamações de colegas, o Sindicato, por meio de sua assessoria jurídica, representada pelo escritório AVM Advogados Associados, ajuizou ação em 4 de julho do ano passado postulando o reestabelecimento do plano de saúde Unimed. Sentindo a pressão judicial, o Banco Mercantil do Brasil voltou atrás. Suspendeu o novo plano e informou que restabeleceu o plano da Unimed em 1º de setembro de 2017. O processo judicial continua. O juiz que analisa o caso estabeleceu a quinta-feira, 14/9, como prazo final para o banco comprovar o restabelecimento integral do plano antigo.

Há cerca de um mês, durante audiência na Justiça do Trabalho, a assessoria jurídica do Sindicato informou ao juiz que era preciso ainda verificar se houve algum prejuízo aos colegas, como pagamento por serviços médicos que antes não eram cobrados, passíveis de serem enquadrados como dano material, bem como, que resta a avaliação da ocorrência de dano moral coletivo.

Por fim, o sindicato informa aos bancários do Banco Mercantil tiveram que suportar gastos com antedimentos médicos durante o período em que esteve coberto pelo plano Bradesco Flex, que não teriam que suportar caso o plano fosse o da Unimed, que repassem os comprovantes para o Sindicato juntar aos autos do processo. O número do processo é 0021025-29.2016.5.04.0016.

Fonte: Imprensa SindBancários

Escrito por Clóvis Victoria

Escrever um comentário