• Home  /
  • Noticias   / Bancos   / Banco do Brasil   /
  • Novos delegados sindicais participam de encontro de formação abordando o grave quadro político e a próxima campanha salarial
Novos delegados sindicais participam de encontro de formação abordando o grave quadro político e a próxima campanha salarial DSC_0673 -
Full view

Novos delegados sindicais participam de encontro de formação abordando o grave quadro político e a próxima campanha salarial

A reforma trabalhista aprovada pelo desgoverno Temer, além de restringir os direitos dos trabalhadores, trouxe uma tremenda incerteza à Campanha Salarial 2018. Com estas palavras, o presidente do SindBancários deixou claro o tamanho do desafio que os novos delegados sindicais vão enfrentar a partir de agora, durante o encontro de Formação Sindical de Delegados e Delegadas dos Bancos Públicos, realizado no Sindicato na manhã e tarde desta quinta-feira, 17/05. “Com o fim da validade do nosso último acordo salarial, no dia 31 de agosto próximo, temos uma espada sobre a nossa cabeça”, disse Everton Gimenis. “Nossa greve terá que ser muito, muito vigorosa, tem que mexer com a sociedade para podermos dialogar com os banqueiros. E vocês terão o papel de falar e conscientizar a categoria”, completou.

Resgate de conteúdo

O sociólogo Anderson Campos, assessor de formação sindical e organizador do seminário, diz que este será o primeiro de seis encontros semelhantes a serem realizados ao longo do ano para os 53 novos delegados. “Nesta tarde, a partir das 15h, faremos discussões específicas com o pessoal do Banrisul, da Caixa e do Banco do Brasil. Vamos fazer um resgate do conteúdo de 2017 e abordar a pauta e o contexto da campanha salarial 2018”, explicou.

Impacto da reforma trabalhista

O encontro também teve a coordenação dos diretores sindicais Virgínia Faria e Marcelo Paladin. Ao meio-dia, os delegados almoçaram no Casual Gastro Bar, localizado no prédio do SindBancários. A partir das 14h15, a reunião contou com a presença do advogado do Sindicato Milton Fagundes, para explicar e esclarecer dúvidas sobre o acordo coletivo de trabalho e os impactos da Reforma Trabalhista.

Escrito por José Antonio Silva

Escrever um comentário