• Home  /
  • Noticias   / Bancos   /
  • Banrisulenses fazem vigília nesta sexta, 10/8, para acompanhar segunda mesa de negociação de acordo aditivo com diretoria

Banrisulenses fazem vigília nesta sexta, 10/8, para acompanhar segunda mesa de negociação de acordo aditivo com diretoria

Os Banrisulenses têm um compromisso com a luta e a resistência na defesa dos seus direitos na manhã desta sexta-feira, 10/8, no Centro de Porto Alegre. Desde as 7h da manhã, o SindBancários estará organizando uma concentração na Praça da Alfândega, entre a Caixa e a agência Central do Banrisul, para preparar uma vigília e realizar a paralisação definida em assembleia na quarta-feira, 8/8, na Casa dos Bancários. A partir das 11h da manhã, em frente à sede da ASBANCOS, haverá uma vigília para acompanhar a segunda mesa de negociação entre o Comando Nacional dos Banrisulenses e os representantes nomeados pela diretoria do banco. Na primeira mesa, realizada segunda-feira, 6/8, a estratégia dos representantes da diretoria foi enrolar e não garantir renovação do acordo aditivo enquanto um novo não é assinado até 31 de agosto.

No mesmo dia em que haverá negociação com a diretoria do Banrisul, os bancários estarão participando do Dia do Basta. Desde as primeiras horas da manhã, aqueles Banrisulenses que quiserem participar da jornada de lutas em defesa dos direitos dos trabalhadores, da democracia e do patrimônio público como a Petrobras, o pré-sal e bancos públicos, como o próprio Banrisul, a Caixa e o Banco do Brasil, devem ficar atentos ao calendário do Dia do Basta (mais abaixo).

A participação dos bancários no Dia Nacional de Luta proposto pelas centrais sindicais foi definida em votação unânime de assembleia lotada na Casa dos Bancários, na noite da quarta-feira, 8/8 (leia aqui). Nesta assembleia, além de rejeitarem a proposta de reajuste sem aumento real da Fenaban, apresentada na mesa de 7/8 ao Comando Nacional dos Bancários, na sexta mesa de negociação, os bancários aprovaram paralisações em agências até o meio-dia da sexta-feira, 10/8.

Durante a concentração, nas proximidades da Agência Central do Banrisul, serão organizadas caravanas para formar piquetes e reuniões de esclarecimento, motivação e mobilização para os bancários participarem da luta em defesa de seus direitos ameaçados pela reforma trabalhista. “A Campanha deste ano será um divisor de águas. Precisamos lutar por aumento real e pela manutenção das nossas conquistas num contexto de golpe na democracia e de ataque a direitos pelos quais lutamos muito para conquistar. A sexta é Dia do Basta e dia de pressionar a diretoria do Banrisul a apresentar proposta decente”, avaliou o presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

Agenda de mobilização dos Banrisulenses no Dia do Basta – 10 de agosto

7h: Concentração para Banrisulenses e bancários de outros bancos públicos e privados para organização de caravanas para reuniões de convencimento e piquetes de esclarecimento em agências e locais de trabalho.

11h: Vigília para acompanhar segunda mesa de negociação do Comando Nacional dos Banrisulenses com a representação nomeada pela diretoria na sede da Asbancos (Rua dos Andradas, 1.234, Centro Histórico de Porto Alegre).

Programação do Dia do Basta em Porto Alegre

Em Porto Alegre, a ação começa com uma concentração, às 8h30, em frente à sede da Fecomércio (Avenida Alberto Bins, 665), onde será realizado um ato contra a reforma trabalhista e o desemprego. Em seguida, os manifestantes sairão em caminhada até a Praça da Matriz, onde acontece, às 10h, um ato contra a política neoliberal do governo Sartori de desmonte do estado e ataque aos servidores e ao serviço público.

Na sequência, eles seguirão até o Foro Trabalhista (Avenida Praia de Belas, 1.432), onde será promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), às 11h, um ato em defesa da Justiça do Trabalho e dos direitos sociais.

Fonte: Imprensa SindBancários

Escrito por Clóvis Victoria

Escrever um comentário